Publicado em: 1 de setembro de 2017

 O programa é uma iniciativa do Grand Challenges Canada para financiar ideias inovadoras para os primeiros mil dias de vida

 

O programa “Saving Brains”, desenvolvido pelo Grand Challenges Canada, lança novo edital para projetos de inovação na área de desenvolvimento infantil e receberá inscrições até 11 de outubro. Desde 2013, por meio de uma parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, o Brasil se tornou um dos países elegíveis para participar da iniciativa. Desde então, oito projetos brasileiros foram selecionados nos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e Amazonas.

O Programa “Saving Brains” financiará ideias inovadoras que se proponham a resolver desafios que impedem o pleno desenvolvimento da criança nos primeiros mil dias de vida, de forma a promover uma mudança sistêmica, sustentável e intersetorial. Os projetos selecionados receberão aporte financeiro de até 250 mil dólares canadenses, que poderão ser utilizados em até 24 meses com foco em temas como: nutrição, educação, saúde, empoderamento feminino e igualdade de gênero, além de paz e conflito, definidos como Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas.

Para o diretor-presidente da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Eduardo de C. Queiroz, a incapacidade de nutrir crianças e protegê-las contra riscos desrespeita o direito delas de desenvolver todo seu potencial. “Os primeiros mil dias de vida são uma janela de oportunidade e, portanto, reduzir as adversidades enfrentadas durante esse período e garantir um ambiente seguro, afetuoso e saudável contribui para a diminuição da inequidade e na construção de uma sociedade mais justa”, explica o executivo.

As propostas podem contemplar produtos, serviços ou modelos de implementação que se mostrem acessíveis economicamente, viáveis para aplicação em larga escala e sustentáveis, sempre com base em evidências científicas. Desde o início da participação do Brasil, em 2013, oito projetos brasileiros já foram apoiados pelo projeto, de um total de 93 iniciativas nacionais inscritas.

Para mais informações sobre as inscrições, clique aqui.

 

Sobre o Grand Challenges Canada

Grand Challenges Canada é uma iniciativa que tem o objetivo de apoiar Bold Ideas with Big Impact™ (ideias ousadas com grande impacto) para a saúde mundial. Financiado pelo Governo do Canadá por meio do Fundo de Inovação e Desenvolvimento, anunciado no Orçamento Federal de 2008, o projeto financia projetos inovadores em países de baixa e média renda e no Canadá. O Grand Challenges Canada trabalha com o International Development Research Centre (IDRC), do Canadian Institutes of Health Research (CIHR), e com outras fundações e organizações mundiais, para encontrar soluções sustentáveis e de longo prazo por meio de Inovação Integrada – ideias arrojadas que integram ciência, tecnologia, inovação social e negócios. O Grand Challenges Canada está baseado no Sandra Rotman Centre, em Toronto.

Sobre a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal 

Fundada em 1965, a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal tem na promoção integral do desenvolvimento da Primeira Infância (do nascimento aos seis anos de idade) seu principal foco de atuação. A organização mantém diversos projetos de incentivo ao desenvolvimento das crianças nessa faixa etária, como intervenção social em municípios, incentivo a pesquisas, realização de cursos e workshops, elaboração de publicações, entre outras ações para expandir o conhecimento sobre a importância do desenvolvimento na Primeira Infância.

Fonte: Grand Challenges Canada