Publicado em: 9 de outubro de 2017

Nos próximos dias 9 e 10 de outubro, cerca de 100 mulheres estarão juntas em São Paulo, para participar do Seminário “Feminismo contra o neoliberalismo: nossas resistências, análises e propostas”

O seminário, que será transmitido ao vivo pela internet, é organizado pela SOF e a Marcha Mundial das Mulheres. Esse será um espaço para aprofundar a elaboração e articulação feminista na região, a partir das lutas e resistências impulsionadas pelas mulheres frente aos avanços do neoliberalismo sobre os corpos, o trabalho e os territórios. O objetivo é contribuir, a partir do feminismo, aos processos de alianças e lutas comuns, particularmente a Jornada Continental pela Democracia e contra o Neoliberalismo.

Esse seminário se insere em um processo permanente de reflexão e elaboração feminista que a SOF e a Marcha Mundial das Mulheres impulsionam junto às mulheres de organizações e movimentos sociais aliados. Nos dois dias do seminário, os debates irão aprofundar a análise feminista crítica ao atual modelo, especialmente sobre as dinâmicas de reorganização do trabalho, a ação das empresas transnacionais e os acordos comerciais e de investimento.

Dia 9 de outubro
9h as 12h30
Feminismo contra o neoliberalismo
O objetivo desta mesa é apresentar e debater os acúmulos das lutas das mulheres  no enfrentamento ao neoliberalismo, as bases políticas e teóricas que orientam nossa crítica ao modelo de desenvolvimento, a mercantilização do corpo e da vida das mulheres, e os desafios  feministas para enfrentar o desafio do capital contra a vida.
→ Clarisse Paradis – MMM
→ Lourdes Vicente – MST
→ Nalu Faria – SOF/MMM

14h as 18h
Trabalho e território: a resistência das mulheres contra as políticas de ajuste e o poder das empresas transnacionais
O objetivo é realizar o debate feminista sobre as políticas de ajuste e as reconfigurações do trabalho, flexibilização e cadeias de valor; sobre as relações entre empresas e Estado no domínio e controle dos territórios, a partir da luta das mulheres contra o agronegocio e a violência.
→ Marilane Teixeira – Economista feminista e assessora sindical
→ Alicia Leiva – Conamuri – Paraguai
→ Neudi Oliveira – MAB
→ Tica Moreno – SOF/MMM

Dia 10 de outubro
9h as 12h30
Os desafios da luta contra o livre comércio hoje
O objetivo dessa mesa é debater o lugar do livre comércio na atual conjuntura política e econômica internacional, considerando as relações de força entre os países e a situação da América Latina; refletindo sobre os desafios das lutas das mulheres contra os tratados de livre comércio e a Organização Mundial do Comércio.
→ Tatiana Berringer – UFABC
→ Eleonora – Cloc/Via Campesina
→ Vânia Ribeiro – CSA
→ Maria Julia Monteiro – MMM

14h as 18h

Feminismo e sustentabilidade da vida: nossas lutas e propostas
Debate sobre feminismo, economia feminista e as propostas para colocar a economia a serviço da sustentabilidade da vida; e sobre os processos e práticas feministas na construção de autonomia, soberania e na defesa dos comuns
→ Cristina Carrasco – Economista feminista
→ Miriam Nobre – SOF
→ Mariana Jorge – UNE

Fonte: Sempreviva Organização Feminista