Publicado em: 29 de agosto de 2014

O Dia da Visibilidade Lésbica é celebrado em 29 de agosto. A data lembra a realização do I Seminário Nacional de Lésbicas (Senale), há 18 anos. Em Brasília, a comemoração teve início já nesta quinta-feira (28), reunindo autoridades e militantes para avaliar conquistas, mas também desafios a serem enfrentados em busca de igualdade.

No auditório da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), o evento contou com a presença da ministra da pasta, Ideli Salvatti, a ministra de Políticas para as Mulheres, Eleona Menicucci, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, e a presidenta do Conselho Nacional de Combate à Discriminação de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (CNCD/LGBT), Janaína Oliveira.

Ministra da Cultura, Marta Suplicy, discursa pelo Dia da Visibilidade Lésbica em Brasília
Ministra da Cultura, Marta Suplicy, discursa pelo Dia da Visibilidade Lésbica em Brasília

Janaína, inclusive, entregou às ministras uma carta com reivindicações do Conselho para que seja intensificada a luta contra a discriminação, a violência e a violação de direitos sofrida pelas mulheres homossexuais no Brasil. O documento, a que Fórumteve acesso, exige medidas como a criminalização da lesbofobia, bifobia e transfobia no Código Penal, a aprovação do Projeto de Lei nº 5002/2013 (conhecido como Lei João W. Nery), a concretização de políticas públicas afirmativas para o setor, a criação de núcleos de direitos humanos LGBT nos Ministérios Públicos estaduais, entre outras ações.

Um dos momentos que comoveram a plateia foi o depoimento da juíza Sônia Moroso, a primeira magistrada do país a casar-se com outra mulher e a assumir a relação publicamente. Elas criam, juntas, um filho pequeno. “Alguém já conseguiu mensurar a dor daqueles que se escondem e não conseguem apresentar ao mundo a pessoa que ama pelo medo do preconceito, do escárnio? Lilian e eu vencemos. Não admitimos esconder a pessoa que nos faz feliz, como se fosse um crime”, discursou, sendo aplaudida de pé.

Presidenta do CNCD/LGBT, Janaína Oliveira, entrega carta às ministras Ideli Salvatti e Eleonora Menicucci
Presidenta do CNCD/LGBT, Janaína Oliveira, entrega carta às ministras Ideli Salvatti e Eleonora Menicucci

Homenagem

A programação contou ainda com uma homenagem à cantora, compositora, feminista e lésbica Vange Leonel, que morreu no dia 14 de julho, aos 51 anos, vítima de câncer de ovário. A mãe, Maria Helena Leonel, e sua companheira, Cilmara Bedaque, receberam flores e uma placa em reconhecimento à contribuição da artista à causa. Vange escreveu os livros Lésbicas, Grrris: Garotas Iradas, As Sereias da Rive Gauche e Balada para as Meninas Perdidas, além de ter atuado como colunista em revistas, colocando sempre em evidência temas ligados à homossexualidade.

Confira abaixo a programação do Dia da Visibilidade Lésbica em outras cidades:

BELO HORIZONTE – MG 29/08 – Sexta-feira Piquenique da Visibilidade Lésbica Praça Raul Soares, às 19h. 30/08 – Sábado 10ª Caminhada das Lésbicas e Bissexuais de Belo Horizonte Praça Sete, às 12h. 31/08 – Domingo Viva as Ocupações Urbanas – Resiste, Sapatão! Local a confirmar, às 14h. 01/09 – Segunda Debate: Feminismo Anti-prisional (Suspirin Feminista) Instituto Helena Greco (Rua Hermilo Alves, 290, Santa Tereza), às 14h.

GOIÂNIA – GO 31/08 – Domingo 1ª Parada Lésbica Concentração na Feira do Cepal, às 15h.

VITÓRIA – ES 31/08 – Domingo 13º Piquenique das Cores Parque Pedra da Cebola, às 15h.

SALVADOR – BA 29/08– Sexta-feira Quinta Temática e o Diálogo dos Saberes / Dia Nacional da Visibilidade Lésbica Auditório do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher (Rua Archimedes Gonçalves, 142, Jardim Baiano), às 9h.

BELÉM – PA 29/08 – Sexta-feira Projeto Luz da Diversidade, com serviços de saúde e orientação jurídica. Praça ao redor da caixa d’água (bairro de São Braz), de 14h às 18h.

SÃO PAULO – SP 28 a 30/08 – Quinta a Sábado Festival de Cinema Lésbico Museu da Imagem e do Som, programação variada. 29/08 – Sexta-feira Roda de Conversa sobre a Visibilidade Lésbica e Bissexual – Tributo a Vange Leonel União de Mulheres (Rua Coração da Europa, 1395, Bela Vista), às 20h. 30/08 – Sábado Festival da Visibilidade Lésbica e Bissexual Largo do Arouche, Centro, às 14h.

Fotos: Maíra Streit

Fonte: Revista Fórum