Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Obra também reflete sobre racismo, lesbofobia e o machismo enfrentados pelas mulheres negras e lésbicas encarceradas

Por: Alma Preta | Foto: Divulgação Alma Preta

A escritora Lorenlai França acaba de lançar o audiolivro “Cela 03 – entre amores e rebeliões”, que aborda o encarceramento em massa das mulheres negras no Brasil, além de refletir sobre a lesbofobia, o racismo e machismo.

A obra já está disponível na internet e traz um relato pessoal dos 300 dias da prisão política de Lorenlai e a sua história de vida desde a adolescência, quando resolveu falar abertamente sobre a sua orientação sexual. Por causa disso, chegou a enfrentar perseguições e linchamentos, que culminaram na sua prisão.

O audiolivro se destina principalmente às mulheres negras, ao público LGBTQIA+, às mães e familiares de jovens encarceradas que enfrentam violências semelhantes sofridas pela escritora.

A história também vai além do encarceramento, e fala sobre amores, esperança, desejos e sonhos de liberdade. A narrativa de Lorenlai, desde a Cela 03, constitui mais um capítulo da história secular de insubmissão de mulheres negras como Assata Shakur e Angela Davis, nos Estados Unidos, Winnie Mandela, na África do Sul e Preta Ferreira, em São Paulo.

“Cela 03 – entre amores e rebeliões” é idealizado pela cineasta, poetisa e jornalista Urânia Munzanzu, que realizou a concepção artística do projeto junto com a coordenação e organização da pesquisadora e antropóloga Carla Ramos Munzanzu.

O audiolivro está disponível pelo canal no Youtube da escritora e pelo perfil no Speaker. O conteúdo é gratuito.

https://almapreta.com/sessao/cotidiano/cela-03-entre-amores-e-rebelioes-escritora-lanca-audiolivro-sobre-encarceramento-em-massa-de-mulheres-negras-no-brasil

What's your reaction?
0Sorrindo0Lol0Ual0Amei0Triste0Bravo

Deixe um comentário

Acesse o banco de Práticas Alternativas

Conheça experiências reais que unem a justiça social, radicalização da democracia e harmonia com o meio ambiente

Encontre o Observatório nas redes sociais
Assine e acompanhe o Observatório da Sociedade Civil

    Realização

    Apoio

    Apoio

    Apoio

    Apoio

    Copyright © 2021. Todos os direitos reservados à Abong.